Descubra quais são as 7 tarefas mais simples de se fazer num TCC

SOCORRO! Estou com preguiça de fazer meu TCC! 

Quem nunca, né gente?

Aquele que nunca desejou deixar para outro dia o que poderia fazer hoje, que saia dessa página sem ler o post!

Todo mundo passa por momentos assim, quando está cansado, com preguiça, ou simplesmente não está no clima de escrever. E eu acredito que, apesar de escrever ser uma prática, que melhora com a experiência, tem horas que a inspiração realmente não colabora!

Mas vou deixar aqui algumas sugestões ótimas para aqueles dias em que você não está com coragem de colocar a mão na massa, mas também não quer ficar no 0x0. Existem tarefas no seu trabalho de conclusão de curso que devem ser feitas, mas que podem ser executadas a qualquer momento (ou quase qualquer momento), e que você pode deixar para aqueles dias.

A grande dica para sair da estaca zero é se dispor de pelo menos alguns minutinhos do seu dia e dedicar ao seu trabalho. Seu TCC é importante, então por mais que a preguiça bata na porta, peça para ela te aguardar lá fora um pouquinho. Estipule apenas vinte minutos, que seja! Qualquer tempinho ja te basta para dar um passo à frente, não é mesmo?

Mas atenção!!! Se você está com a corda no pescoço, nem adianta se dar ao luxo de: hoje vou trabalhar de leve. Jogue duro aí!!!

Com o tempo estipulado, defina onde você vai querer trabalhar. Escolha uma tarefa que exija menor esforço intelectual. São todas importantes e deverão ser realizadas em algum momento. Então, guarde essas tarefas abaixo para aqueles dias em que a inspiração fugir, e a coragem fugir também.

1 – Está precisando selecionar alguns artigos? Ótimo, separe um tempinho para fazer as buscas! É tão relaxante fazer isso, dá até para ouvir uma musiquinha enquanto seleciona. Basta dar uma olhada no resumo para fazer essa primeira seleção, e salvar o PDF numa pastinha específica para os artigos do TCC. SUPER DICA: abra um arquivo word para salvar os links daqueles artigos que você gostou mas não tem acesso ao artigo completo. Depois, envie o arquivo para o seu e-mail.

2 – Essa tarefa você guarda para quando estiver na faculdade, à toa, e já tem os links dos artigos que você quer salvos no seu e-mail (ou na nuvem, ou num pen drive). Basta acessar um computador com acesso às revistas científicas e enviar agora os PDFs dos artigos completos para o seu e-mail. Se sua faculdade não possui acesso aos artigos que você deseja, envie os links por e-mail para um amigo de outra faculdade. Quem sabe ele consegue, não é mesmo? Já consegui muitos artigos legais assim!

3 – Essa tarefa aqui você guarda para quando estiver no ápice da preguiça da vida científica. Selecione uma frase para compor a sua epígrafe. O nome é esquisito, mas a tarefa é a mais simples de todo o seu trabalho. É opcional, mas fica bacana, vale à pena. Segundo o Wikipédia: “Na literatura, epígrafe é uma citação ou frase curta, que, colocado no início de uma obra, serve como tema ou assunto para resumir ou introduzir a obra. Constitui uma escrita introdutória a outra, um texto breve, em forma de inscrição solene, que abre um livro ou uma composição poética”. Resumindo: aquela citação linda e bem curtinha que vai no início do seu trabalho. Faça isso, e ninguém poderá dizer que você não fez nada pelo seu TCC. Mas isso só é feito uma vez, viu? Nada de passar vários dias fazendo e refazendo a epígrafe!!!

4 – Já escreveu a sua dedicatória? E os agradecimentos? Aproveite para fazê-los quando estiver bem emotivo e inspirado. Inspirado para escrever coisas do coração, mas não do seu trabalho. O importante é fazer com carinho. Reafirmo, é melhor do que não fazer nada. Você nem vai sentir que está trabalhando no seu TCC, mas ainda assim se sentirá orgulhoso em completar mais uma das muitas tarefas do seu trabalho.

5 – Essa é para aqueles que ainda estão no projeto, mas que já têm os objetivos e a metodologia bem definidos: aproveite para fazer um cronograma ou o orçamento do seu trabalho. É fácil, fácil. Mais uma tarefa que pode ser feita ouvindo uma boa música.

6- Está na etapa final? Vamos formatar! Que delícia, heim? Isso aqui quase ninguém gosta. Mas tem que ser feito! E vamos combinar: formatação é paciência e atenção, não requer grande esforço intelectual, não é mesmo? Faça um check list do que deve ser conferido: margens, espaçamento, fonte, tamanho, etc, etc, etc… Você pode até fazer o check list em um dia e conferir o seu trabalho no outro. Que moleza, não é mesmo? O importante é dar um passo, jamais ficar parado!

7 – E por fim, está prestes a apresentar seu trabalho? Pensando no Power Point e suspirando? Então respire fundo, pegue fôlego e ABRA o Power Point, ou o programa que deseja usar para preparar a sua apresentação. Abra, salva o arquivo numa pasta, escolha um tema legal. Escreva apenas alguns títulos provisórios do que você deseja falar. Ex: introdução, metodologia, resultados, conclusão, referências, agradecimentos. Simples assim. Deixe para preparar os slides, de fato, em outro dia. Mas saiba a importância de sair do lugar, de fazer um pouquinho só.

E aí, gostaram das dicas? E hoje, o que você vai escrever no seu TCC? Conte aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *